Saiba onde se informar sobre a COVID-19 e fugir das #FakeNews

Notícias Saiba onde se informar sobre a COVID-19 e fugir das #FakeNews
Data:

27/04/2020

Desde que a COVID-19 tornou-se uma pandemia, diversas mensagens ganharam força nas redes sociais, blogs e aplicativos de mensagens instantânea. Diversas pessoas compartilharam com muita velocidade áudio, vídeos e posts com conteúdos falsos.

Todas as informações que circulam na internet precisam ser checadas se não vierem de fontes confiáveis. Um conteúdo inverídico pode gerar pânico ou mesmo disseminar informações erradas, prejudicando o trabalho das instituições oficiais em conter a doença.

Felizmente, não é difícil identificar uma fake news. Muitas das vezes elas vêm acompanhadas de dados alarmantes, usam referências internacionais que dificultam a checagem imediata da veracidade dos fatos e geralmente sugerem ações imediatas ou urgentes por parte do leitor.

A melhor forma de agir ao receber informações deste tipo é questionar a origem da notícia e procurar sempre fontes seguras e oficiais, como o Ministério da Saúde e a imprensa.

Separamos abaixo dicas de fontes de referência para você não ficar desinformado.

– Ministério da Saúde: possui uma página dedicada ao coronavírus (COVID-19), tanto para profissionais de saúde quanto para a população.

Acesse aqui

– Governos estaduais: sites oficiais também possuem informações atualizadas sobre os casos da doença em cada unidade da Federação. O Governo de São Paulo criou até uma página especial sobre informações falsas da COVID-19.

Acesse aqui

– Imprensa: todas as empresas de notícias estão fazendo ampla cobertura sobre a pandemia. O G1, por exemplo, possui uma página dedicada às fake news.

Acesse aqui

– Hospitais: sites contêm informações valiosas sobre a COVID-19. O Hospital Israelita Albert Einstein criou uma página com diversas informações e dicas para se proteger da doença.

Acesse aqui

Newsletter

Inscreva-se e acompanhe as novidades sobre o Global Summit Telemedicine & Digital Health 2020.