As experiências de médicos e pacientes com a telemedicina

Notícias As experiências de médicos e pacientes com a telemedicina
Data:

15/05/2020

De acordo com uma reportagem do Estado de Minas, as consultas médicas realizadas através da telemedicina tornaram-se essenciais neste período de quarentena para a continuidade de tratamentos e acompanhamentos regulares.

A Portaria nº 467 publicada no Diário Oficial da União pelo Ministério da Saúde autoriza o uso da telemedicina no Brasil enquanto a pandemia durar. Mesmo com este prazo determinado pela regulamentação, na opinião de especialistas, esse método deixará um legado à área médica.

Segundo o médico psiquiatra Conrado Pires, a telemedicina surge como uma facilitadora no contato médico-paciente.

“Ela nos possibilitou manter um contato mais próximo com os pacientes, garantindo agilidade no auxílio. Além disso, conseguimos passar tranquilidade e confiança a eles, nos colocando à disposição sempre que necessário”, afirma.

A engenheira Adriana Milagres, de 40 anos, é uma das pacientes que relatam boas experiências o atendimento a distância que a telemedicina proporciona.

“Essas consultas on-line são práticas, principalmente agora que precisamos evitar sair de casa”, conta Adriana.

Mesmo com a restrição de uso da telemedicina durante o período de isolamento social estabelecida pelo Ministério da Saúde, especialistas acreditam a telemedicina poderá ser homologada para uso contínuo após a pandemia, desde que haja um debate profundo entre todo setor médico.

Leia a reportagem na íntegra no site do Estado de Minas.

Fonte: Estado de Minas.

Newsletter

Inscreva-se e acompanhe as novidades sobre o Global Summit Telemedicine & Digital Health 2020.