Educação, inovação na saúde da mulher e sustentabilidade são temas protagonistas no painel da ISfTeH no Global Summit

Artigo Educação, inovação na saúde da mulher e sustentabilidade são temas protagonistas no painel da ISfTeH no Global Summit
Data:

29/07/2021

Entidade internacional, apoiadora da 3ª edição do evento, vai abordar a experiência sobre saúde digital de países de três continentes: América, Ásia e Europa

A telemedicina vem percorrendo um caminho muito promissor em diversos países, com exemplos de modelos de sucesso que apresentam números impactantes, tanto para a saúde populacional como para a economia.

E a pandemia da Covid-19 acelerou a adoção da saúde digital e do atendimento virtual em todo o mundo, inclusive no Brasil. A evolução dos recursos tecnológicos integrados à telemedicina e à telessaúde continua impulsionando mudanças no mercado de saúde, permitindo maior acessibilidade e qualidade dos serviços.

Para mostrar um pouco da visão global do que vem acontecendo no mundo sobre telemedicina e saúde digital, a 3ª edição do Global Summit Telemedicine & Digital Health (GS 2021), que será realizada de 9 a 12 de novembro, em formato virtual, terá o Painel Global Summit & International Society for Telemedicine and eHealth (ISfTeH). Esta entidade foi criada em 2005, com a missão de facilitar a disseminação internacional de conhecimento e experiência em telemedicina e da saúde digital e criar uma rede de interação com e entre especialistas reconhecidos nestas áreas em todo o mundo.

“É muito importante para o Global Summit contar com o apoio da ISfTeH para a realização da sua terceira edição, por ser a única sociedade internacional voltada para telemedicina e saúde digital com abrangência global. Ela está presente em mais de100 países por meio de parcerias com associações, instituições e corporações, atuando na disseminação de saberes para todo o ecossistema da saúde digital”, destaca o médico neurologista e presidente do Conselho Científico do GS, Jefferson Gomes Fernandes.

O painel Internacional com a ISfTeH será no dia 11 de novembro, a partir das 10h40, terá como moderador o secretário-executivo da entidade, Frank Lievens, e vai abordar conceitos importantes da saúde digital e trazer experiências de países de três continentes: América, Ásia e Europa.

O professor Rajendra Pratap Gupta, da Índia, presidente do Grupo de Trabalho sobre Capacitação e membro do Conselho da IsfTeH e do Grupo de Desenvolvimento de Diretrizes sobre Saúde Digital da Organização Mundial da Saúde (OMS), vai falar sobre “Saúde digital: blocos de construção”.

A dra. Véronique Ines Thouvenot, da França, diretora científica da Fundação Millennia 2025 Mulheres e Inovação, com várias publicações científicas sobre saúde digital para a saúde da mulher, vai apresentar a palestra “Acelerando a inovação para a saúde feminina e materna”.

A dra. Michelle Y. Griffith, dos Estados Unidos, diretora médica da Premise Health, membro do Conselho e presidente do Grupo de Trabalho de Disparidades de Saúde da IsfTeH, irá abordar o tema “Sustentando o impulso da saúde digital nos EUA”.

Valery Stolyar, da Rússia, chefe do Departamento de Infomática Médica e Telemedicina da Universidade da Amizade do Povo da Rússia, vai ministrar a palestra “Educação em telemedicina para estudantes e médicos: 20 anos de experiência e perspectivas”.

“São temas muito importantes que precisam ser debatidos principalmente por médicos, profissionais e estudantes das áreas da saúde do Brasil, país que somente no ano passado autorizou a prática da teleconsulta como modelo de cuidado. Esse aprendizado é necessário também sobre a saúde digital como um todo. Precisamos difundir o conhecimento e capacitar a todos profissionais envolvidos, incluindo a troca de experiências com quem atua há muito tempo nesse ecossistema. Este debate será uma grande oportunidade de aprendizado e evolução sobre soluções e serviços digitais que atendam às necessidades de saúde neste novo mundo em que estamos vivendo”, ressalta Fernandes.

Considerado o maior e mais relevante encontro sobre telemedicina e saúde digital da América Latina, o Global Summit Telemedicine & Digital Health é uma iniciativa da Associação Paulista de Medicina (APM), em parceria com o Transamerica Expo Center, e vai reunir durante quatro dias especialistas internacionais e nacionais para debater as tendências que estão transformando o mundo da saúde.

A programação do GS 2021, focada em conteúdo, experiências e negócios, inclui temas em telemedicina e saúde digital de interesse para médicos, profissionais, instituições e entidades de saúde, indústria e governo, entre outros, estará disponível no site telemedicinesummit.com.br/.

As inscrições para a 3ª edição do Global Summit Telemedicine & Digital Health já estão abertas. O primeiro lote de vendas termina em 31 de agosto e há descontos especiais para acadêmicos, residentes e estudantes da área da saúde, médicos associados à APM e associados às entidades apoiadoras do GS 2021.

Inscreva-se agora!

Newsletter

Inscreva-se e acompanhe as novidades sobre o Global Summit Telemedicine & Digital Health 2021.