É preciso gerar novos pensadores para o amanhã

Artigo É preciso gerar novos pensadores para o amanhã
Data:

16/11/2020

Um dos principais influenciadores mundiais em saúde digital e realidade virtual destacou durante Global Summit Telemedicine & Digital Health como as plataformas e apps facilitam acesso a consultas médicas de qualidade

“A pandemia foi um trampolim em direção ao futuro”. Essas foram as palavras de Shafi Ahmed, cirurgião , professor da Bradford University e da Singularity University e decano associado do Bart’s Royal London Hospital, o maior hospital da Europa ocidental, na abertura de mais um ciclo de palestras do Global Summit Telemedicine & Health, promovido pela Associação Paulista de Medicina (APM), em parceria com o Transamerica Expo Center.

No segundo dia de programação do evento, que reúne as principais referências globais em saúde, o especialista – importante influenciador mundial em saúde digital e realidade virtual – apresentou como a pandemia acelerou projetos de tecnologia e inovação que durariam anos para serem implantados. Ahmed destacou porque a Inteligência Artificial ganha cada vez mais relevância, permitindo novos processos operacionais de atendimento, implantando modelos de trabalho remoto que proporcionam atendimento médico cada vez mais facilitado e agilizando a oferta de exames, consultas, receituários eletrônicos por meio de cliques, que em um passado nem tão distante, exigiria um pouco mais de tempo.

À plateia virtual, apresentou o mapeamento das dez áreas que precisarão ser transformadas digitalmente e as previsões para a sociedade e corporações de saúde até 2030, destacando a importância de engajar práticas que favoreçam o envelhecimento populacional de forma saudável e sustentável e o surgimento de novas doenças. “Precisamos ser mais digitais. Por isso, é necessário adotar um novo olhar para a importância de investir em tecnologia, inovação e empreendedorismo e isso deve ser feito agora, com esta geração”, enfatiza.

Durante a live, Ahmed destacou como o acesso facilitado às plataformas está permitindo que milhões de usuários recebam consultas médicas de qualidade. “É uma forma de atender as necessidades cada vez mais latentes de uma sociedade que busca por serviços mais facilitados e quer formas mais convenientes de cuidados com a saúde” declara, dando como exemplo as mudanças observadas na própria rotina. “Nos últimos cinco anos tenho vivido experiências revolucionárias no meu cotidiano. Do meu laptop acesso o sistema que me permite passear pelo hospital, me aproximando dos pacientes e, nos conectando à distância. Da sala de casa consigo atender tão bem, como se estivesse em um ambiente hospitalar.  mas para isso é preciso uma gestão apta e diferenciada atenta a este novo contexto”, pondera.

Visionário, Shafi usou em 2014 um Google Glass para captar, em primeira pessoa, uma cirurgia. Dois anos depois, realizou a primeira transmissão ao vivo, em realidade virtual, de um procedimento cirúrgico, para retirada de câncer de cólon de um paciente, feito que lhe rendeu grandes reconhecimentos da indústria, incluindo o Future NHS Award e o Webit International Award de Melhor uso de inovação digital em saúde.

Dono de um currículo que agrega conhecimento e prática de forma inovadora, o especialista abordou ainda os inúmeros impactos positivos da Inteligência Artificial como escaneamento, acesso a dados e imagens com cada vez mais qualidade, podem ser observados agora por auxiliar significativamente toda a jornada de saúde. “Algoritmos nos ajudam a estruturar de forma mais assertiva diferentes tipos de tratamento e atendimentos. Estamos transformando as formas de gestão de saúde no mundo. Por isso, mais do que nunca, investir agora é sinônimo de enxugar custos no futuro”, conclui e completa “As tecnologias fazem parte da rotina de hospitais, clínicas, consultórios. Dia após dia elas estão mais imersas neste ecossistema de saúde. O desafio agora é repensar nos atuais modelos de cuidados sem analisar apenas em custos. É sobre planejar toda experiência do paciente. É a mudança na gestão. Usar os recursos disponíveis de forma inteligente. É investir hoje para garantir um futuro promissor”, finaliza.

Newsletter

Inscreva-se e acompanhe as novidades sobre o Global Summit Telemedicine & Digital Health 2020.